sábado, 9 de junho de 2018
Título original: Casa-Grande & Senzala Em Quadrinhos
Autor: Gilberto Freyre
Adaptação Estêvão Pinto
Ilustração de Ivan Wasth Rodrigues
Colorização de Noguchi
Editora: Global
Ano: 2005
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Já faz alguns anos que tenho curiosidade muito grande sobre a obra de Gilberto Freyre, mas por motivos inexplicáveis nunca tive oportunidade de ler o clássico da literatura brasileira "Casa-Grande & Senzala."  Mas para minha alegria, semana passada estava na biblioteca xeretando quando vi a capa do livro em quadrinhos não tive dúvidas o peguei ele trouxe pra casa.

É óbvio que ainda preciso ler original, mas agora já tenho uma ideia do que se trata. Na realidade o autor aborda as contribuições que os portugueses, os índios e os africanos deram para o processo de formação social e cultural do povo brasileiro. É simplesmente fascinante a forma que Gilberto Freyre encontro para nos explicar as contribuições desses dessas três etnias tão diferente e que aqui no Brasil se complementam.

Além do mais, as ilustrações e suas cores são maravilhosas, ricamente cheias de detalhes. Estou completamente apaixonada pelos quadrinhos.

Não posso deixar de citar algo que me surpreendeu, fiquei totalmente chocada quando o autor destaca que: "…alguns traços da civilização mouramorisca que se instalaram entre nós através do colonizador português."

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

A famosa obra de Gilberto Freyre em história em quadrinhos. É um apanhado de fatos e costumes dos povos que formaram a nação brasileira, desde os primórdios da colonização pelos portugueses, em 1532, até a época da escravidão dos negros, passando pela formação da sociedade, alicerçada na miscigenação das raças e mostrando como cada uma delas influiu na cultura do país.
terça-feira, 5 de junho de 2018
Título original: Ryan's Place
Título: Um Lugar Para o Amor
Autor: Sherryl Woods
Tradução: Vera Vasconcellos
Série: The Devaneys Brothers 01
Editora: Harlequin
Ano: 2013
Comprar: É possível compra nos sites: www.harlequinbooks.com.br e www.amazon.com.br ou em uma boa banca de jornais.


Resenha:

Emocionante!!! Sim, amo um mocinho traumatizado. Não adianta fugir, eles me perseguem. Pode acreditar, se a leitura fluir é porque a uma trama consistente e algum personagem passou por algo devastador, é minha sina.

"Um Lugar Para o Amor" É o primeiro livro de uma série de cinco que se referem aos irmãos Devaneys, abandonado pelos pais e separados ainda na infância. Apenas isso já é de cortar o coração, imagine o trauma que cada personagem carrega...

Neste primeiro conheceremos a história de Ryan, o irmão mais velho dos Devaneys, tem um sentimento de culpa muito grande, primeiro porque acredita que poderia ter evitado o abandono dos pais e segundo não se perdoa por não ter conseguido permanecer junto com os irmão. Imagine ele tinha 9 anos na época, que culpa o pobre garotinho poderia ter?

Os traumas na infância moldaram o homem que ele se transformou, um homem que construiu muralhas em volta do seu coração. Mas uma bela ruiva tem uma personalidade e determinação suficiente para derrubar qualquer coisa que Ryan construa em volta de si mesmo.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Um Lugar Para o Amor
Sherryl Woods


Abandonado pelos pais e separado dos irmãos, Ryan Devaney nunca deixa ninguém se  aproximar muito. Até que a atrevida Maggie O'Brien invade seu bar irlandês e declara guerra à fortaleza de gelo em volta do coração dele. Ryan deixa bem claro que não acredita em amor, mas o sorriso luminoso e o toque suave de Maggie logo o fazem reconsiderar. A bela ruiva aquece sua alma e traz de volta sonhos há muito esquecidos… Como o de reencontrar seus irmãos. Mas será Ryan capaz de encarar o grande desafio que Maggie lhe propõe: acreditar que há um lugar para ele e um final feliz?
quinta-feira, 31 de maio de 2018
Título original: Fury
Autor: Laurann Dohner
Tradução: Flora Manzione
Série: Novas Espécies 01
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2015
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Vou deixar claro desde o início que simplesmente amo esse tipo de literatura romântico erótico. Além do mais temos misturas de espécies, outro item que me atrai. Não esquecendo de toda a sofrência. Meu Deus! Como o casal sofre.

É um mal-entendido atrás do outro, as pessoas tem medo do que é desconhecido, e por isso tiram conclusões totalmente precipitadas. E o nosso casal só sofre no processo. Sério, fiquei com dó.

Fury é um nova espécie que foi modificado através de experiências genéticas. Nasceu e foi criado numa cela, acorrentado e sofrendo abusos diárias.

Ellie é uma enfermeira que trabalhava para uma companhia farmacêutica e quando descobre que a empresa está fazendo experiências com o DNA humano e com o DNA de animais, ela ficou revoltada. E tentar ajudar a por fim nesse tipo de experimento.

Neste processo Ellie conhece Fury e a atração é imediata, ao mesmo tempo que as confusões e conflitos começam. Eles terão um longo percurso, para chegar ao entendimentos entre os dois e os outros Novas Espécies. Só posso dizer uma coisa:

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Ellie é uma enfermeira e fica horrorizada ao descobrir que a companhia farmacêutica para qual trabalha - as Indústrias Mercile - tem feito experimentos genéticos e ilegais. Os cientistas combinaram DNA de humanos com o DNA de animais, criando uma Nova Espécie, composta por seres humanos mais fortes e desenvolvidos. Um desses "experimento ", o prisioneiro 416, captura o coração Ellie enquanto ela tenta salvá-lo.

Fury - como 416 também é conhecido - nunca conheceu compaixão ou amor. Ele passou a vida inteira em uma cela, acorrentados e sofrendo abusos. Ellie, a única mulher em quem ele confiou, o traiu, e agora Fury está livre e à procura de vingança. O ex-prisioneiro jura querer acabar com a vida da enfermeira que o salvou, contudo, quando ela finalmente está em suas mãos, a única coisa que Fury não quer fazer com esta mulher pequenina e sexy é machucá-la.



Sinopse:

- Eu quero você. Odeio isso, mas desejo muito estar dentro de você, saber como seria ter você envolta em mim, e o prazer que acho que encontraria com você. Nunca quis tanto uma mulher. Me diga que posso ter você, ou me ajude a lembrar que nunca devo perdoar o que fez comigo. Diga alguma coisa, qualquer coisa, para me lembrar do porque eu não deveria desejar tanto estar com você, tanto que chega a ser difícil respirar.

O olhar dele quando se observavam quase para o coração de Ellie. Ela viu tantas emoções ali: desejo, vontade, um pouco de medo, e paixão crua. Sua língua saiu para umedecer os lábios. Um rosnado leve saiu de Fury, mas não era um som bravo, e sim mais um pequeno gemido. Ela entendia. Ele a queria.
domingo, 27 de maio de 2018
Título original: It's The Great Pumpkin, Charlie Brown
Título: Charlie Brown e a Grande Abóbora de Halloween
Autor: Charles M. Schulz
Tradução: André Conti
Ilustrações: Paige Braddock
Adaptação: Justine e Ron Fontes
Editora: Companhia das Letrinhas
Ano: 2014
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Para quem ama os Peanuts, os quadrinhos ou simplesmente quer ler uma história divertida para crianças e adultos não pode deixar de ler a "Grande Abóbora do Halloween".

Baseado no episódio de televisão produzido por Lee Mendelson e Bill Melendez. E para quem acompanha os quadrinhos da turma do Charlie Brown sabe da fixação que Linus tem pela Grande Abóbora, todo ano ele se esconde no pé da abóbora que ele acredita ser a mais autêntica, na esperança de ver sua misteriosa heroína.

Obviamente seus amigos não se conformam com essa ideia estapafúrdia, principalmente sua irmã Lucy e seu melhor amigo Charlie Brown. A única que não rir e nem o ridiculariza é a apaixonada Sally.

No dia do Halloween a turminha vai atrás das travessuras e gostosuras e depois todos foram convidados para uma festinha na casa de Violeta. Mas Linus não vai participar de nenhum evento, pois estará no pé de abóbora esperando, só que desta vez ele não vai estar sozinho.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Peanuts

É Halloween! Tempo de bruxas, fantasmas, almas penadas e... da Grande Abóbora! Linus tem certeza de que este ano ela finalmente vai aparecer e, como de costume, se esconde no pé de abóbora mais autêntico que encontra, à espera do misterioso ser.

Mas o tempo passa e, além do resto da turma — que anda de um lado para o outro em busca de travessuras e gostosuras — ninguém mais parece estar por ali. Ou melhor: quase ninguém…
domingo, 20 de maio de 2018
Título original: Beastly
Título: A Fera
Autor: Alex Flinn
Tradução: Ana Carolina Mesquita
Editora: Galera Record
Ano: 2011
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Sabe quando você escolhe um livro pra ler e acredita que conhece o assunto que vai ser tratado na história. Bom, isso aconteceu comigo em relação " A Fera ". A história não tinha relação alguma com o que havia imaginado, o texto é uma releitura moderninha do contos de fadas A Bela e a Fera.

No início fiquei perdida com aquela sala de bate-papo, sério, cheguei a pensar que havia algo errado, que havia comprado eBook errado ou que na hora de baixar meu dispositivo baixou livro errado. Mas pesquisei um pouco e descobri que era assim mesmo. Então, relaxei e tentei me concentrar na história, nos personagens e em seus dramas. No fim achei o livro agradável.

Kyle/Adrian precisava crescer, amadurecer, E observar o mundo com outros olhos, ou melhor encarar o mundo de verdade e não ficar no mundinho fechado que seu pai e amigos criaram onde só os belos e ricos poderiam entrar estarem protegidos das mazelas do mundo "exterior".

Diferente da vida de Linda que vive no "mundo" horroroso, onde só há miséria e os horrores do mundo marginal e mesmo assim, a garota consegue observar as belezas do que é singelo e simples.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Eu sou uma fera.
Uma fera. Não exatamente um lobo, ou um urso, um gorila ou um cão, mas uma terrível criatura que anda em duas patas uma criatura com dentes e garras e pelos surgindo de cada poro de minha pele. Sou um monstro.

Você acha que estou falando de contos de fada? De jeito nenhum. O lugar é Nova York. O momento é agora. Não sofro de uma deformidade ou uma doença. E vou ficar dessa forma para sempre destruído , a não ser que possa quebrar o feitiço.

Sim, o feitiço, aquele que a bruxa da minha aula de inglês lançou sobre mim. Por que ela me transformou em uma besta que se esconde durante o dia e rasteja à noite? Vou lhe contar. Vou lhe contar como eu costumava ser Kyle Kingsbury, o cara que você gostaria de ser, com dinheiro, beleza e uma vida perfeita. E aí vou contar como me tornei... a fera.



Autora:

Alex Flinn adora contos de fada e fez suas duas filhas aguentarem dezenas de versões de A Bela e a Fera enquanto escrevia este livro... E aí perguntou a elas como uma fera agiria para encontrar uma garota em Nova York. É autora de outros cinco livros, vencedores de vários prêmios norte-americanos. Ela mora em Miami.
domingo, 6 de maio de 2018
Título original: My Double Life
Título: Minha Dupla Vida
Autor: Joanne Rock
Tradução: Fernanda Lizardo
Editora: Harlequin
Ano: 2014
Comprar: É possível compra nos sites: www.harlequinbooks.com.br e www.amazon.com.br ou em uma boa banca de jornais.


Resenha:

A história é ótima, com uma mensagem melhor que o próprio romance. Claro que é um romance sensual, com cenas hots e tudo mais.

Agora, o que me interessou não foi o romance, mas sim o problema que Courtney tem na fala e como essa deficiência influenciou sua vida e como ela conseguiu se superar.

Trey também é interessante, apesar de ser um personagem recorrente nos romances, mas Joanne conseguiu mostrar um ângulo diferente sobre uma celebridade de Hollywood com suas qualidades e seus defeitos, humanizando o rapaz.

Já romance ficou marcado pela inteligência e sensualidade da personagem de Courtney e o fascínio de Trey por essa mulher diferente.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Minha Dupla Vida
Joanne Rock

Um jogo de máscaras ardente... e perigoso!

Como analista financeira de uma empresa bem-sucedida, faço questão de ser profissional. No escritório, sou calma, eficiente… E na presença de um cliente novo e gato como Trey Fraser, uso a máscara da seriedade para esconder as maiores inseguranças. As aulas de pole-dancing mudaram minha vida. Quando me pediram para assumir o lugar de uma dançarina profissional por uma noite, só precisei da máscara da sensualidade e da certeza de que, como Natalie Night, sou irresistível. Mas assim que vi Trey na primeira fila, a excitação deixou meu corpo em chamas! De repente, eu fazia uma dança provocante só para ele… Meu alter ego abriu a porta para o único homem cujo fogo no olhar me diz o quanto me deseja. E também aquele que nunca poderá conhecer minha verdadeira identidade...
domingo, 29 de abril de 2018
Título original: Corto Maltese: Lá Cité Perdue
Título: Corto Maltese: Mu, a Cidade Perdida
Autor: Hugo Pratt
Tradução: Reginaldo Francisco e Fernando Scheibe
Prefácio: Marco Steiner
Fotografia: Marco D'Anna
Série: Corto Maltese 09
Editora: Nemo
Ano: 2012
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Com uma edição impecável a Nemo trás mais um volume de Corto Maltese. Hugo Pratt mais uma vez trás temas ficcionais, fábulas e personagens históricos. Não há dúvida que o autor é mestre em misturar ficção e realidade.

Hugo faz muitas referencias, como a piloto de avião Amelia Earhart, Triângulo das Bermudas, Atlântida, Mu, Maias, Guatemala, Egito, Divina Comédia, só para citar os mais conhecidos, as referências são intermináveis.

A realidade e sonho também são explorados por Pratt de uma forma muito inteligente, relacionando sonho como se fosse outra dimensão paralela à realidade. Como se fosse possível entrar e sair de uma forma natural.

Com certeza mais uma ventura extraordinária de Corto Maltese e seus amigos.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra capa:

A sudoeste da Flórida situa-se uma região conhecida como Triângulo das Bermudas, local onde misteriosamente mais de cem aviões e navios sumiram no nada, sem deixar o menor vestígio, o menor indício. A lista de todos os desaparecimentos é longa, mas as causas ainda permanecem desconhecidas, sem explicação científica. E quando a ciência consegue apenas formular hipóteses, a imaginação prevalece. É o caso do Triângulo das Bermudas, é o caso da Atlântida ou de Mu, os continentes perdidos. Em 'Corto Maltese – Mu, a cidade perdida', lançamento da Editora Nemo, o destemido aventureiro criado pelo italiano Hugo Pratt parte para sua última aventura, em busca desta cidade mítica.
quarta-feira, 25 de abril de 2018
Título original: The Maverick 
Título: Rebelde 
Autor: Diana Palmer
Tradução: Gracinda Vasconcelos
Série: Homens do Texas 42
Editora: Harlequin
Ano: 2016
Comprar: É possível compra nos sites: www.harlequinbooks.com.br e www.amazon.com.br ou em uma boa banca de jornais.


Resenha:

Foram muitos anos esperando a autora Diana Palmer encontrar uma história adequada para Harley. Enquanto isso ele passou por poucas e boas, mas isso foi ótimo, pois assim ele amadureceu e se transformou num homem muito melhor do que o jovem espertinho do início. 

Bom, isso não quer dizer que tudo está lindo e maravilhoso, ele ainda tem que resolver problemas emocionais do passado. Sim, Harley tem passado, para quem acompanha a série homens do Texas, sabe que Harley não é um nativo de Jacobsville, mas ele está lá a tanto tempo que chegamos a esquecer deste fato.

Além do mais o nosso cowboy vai ter Alice Jones para ajudá-lo a fazer as pazes com passado. Por falar em Alice, autora foi perfeita neste ponto. Encontrou o par perfeito para Harley. Apesar de um começo conflitante, o senso de humor de Alice foi fundamental para fazer com que o cowboy se interessasse pela investigadora forense. Definitivamente um casal muito sintonizado. 

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Rebelde

O homem mais misterioso do Texas! Seja nos rodeios ou nas festas de Jacobsville, Harley Fowler sempre se mete em confusão,mas acaba saindo ileso. Até encontrar a talentosa investigadora Alice Jones. Ela está tentando desvendar um assassinato que envolve a família de Harley, transformando a vida dele em um verdadeiro caos. Ainda assim, tudo o que Harley consegue pensar é em proteger Alice. Porém, ela é uma mulher obstinada e acha que não precisa da ajuda de ninguém. E esse infame bad boy está disposto a usar todas as suas armas de sedução para fazê-la mudar de idéia!
sábado, 21 de abril de 2018
Título original: On The Way To The Wedding
Título: A Caminho do Altar
Autor: Julia Quinn
Tradução: Claudia Costa Guimarães
Série: Os Bridgertons 08
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Chega ao fim para minha tristeza a série Os Bridgertons. Já estava habituada a esperar o próximo irmão ou irmã e suas aventuras para encontrar um par, mesmo que o pretendente não se dê conta do fato.

A cada livro, a cada irmão foi possível ficar mais próximo da família e de suas peculiaridades. Observar a sua união e principalmente se o amor um pelo outro, e as manias nada convencionais. Por falar nisso, os Bridgertons pareciam estar a frente de seu tempo, principalmente no que se refere e a sentimentos. Todos casaram por amor, algo raro no período.

Nesse último volume fica evidente, pois Gregory quebra toda e qualquer protocolo ou convenção que era exigido pela sociedade londrina.

Gregory é um romântico que está a procura do verdadeiro amor. A princípio confundir a beleza com amor, e perdi muito tempo com esse imbróglio. Quando consegue perceber que seu verdadeiro amor estava ao seu lado durante todo tempo.

Parece ser tarde demais pois, ela vai se casar com outro e Gregory vai ter que fazer de um tudo para impedir o casamento. Será que ele vai conseguir? O final é maravilhoso principalmente o epílogo.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.

O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.

Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?

A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.
domingo, 15 de abril de 2018
Título original: It's Time for School, Charlie Brown
Título: É hora da escola, Charlie Brown
Autor: Charles M. Schulz
Tradução: André Conti
Adaptação: Judy Katschke
Ilustração: Nick e Peter Lobianco 
Editora: Companhia das Letrinhas
Ano: 2014
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Charlie Brown e suas aflições diárias, pois o pobre Charlie não consegue fazer nada direito, e por isso ele fica se martirizando.

Desta vez Charles está preocupado porque as férias estão acabando e as aulas estão chegando, o retorno à escola é inevitável e a preocupação do nosso amiguinho só aumenta.

Mas como um bom sonhador, ele consegue se imaginar com futuro brilhante, realizando todas as coisas que ele nunca conseguiu.

Assim que as aulas retornam, ele tentar se colocar, melhorar sua confiança e auto estima. Se candidatando para o concurso de soletrar.

Mas é óbvio que as coisas não acontecem como ele havia idealizado. Pobre Charlie Brown.



Contra Capa:

Charlie Brown está preocupado: as férias estão acabando e a volta às aulas da inevitável.

Com ajuda de Lucy, sua psiquiatra de plantão, de repente ele se sente muito seguro — tanto que logo no primeiro dia de aula se candidata para o concurso de soletrar. Afinal, por que ele não seria capaz? É claro que pode ganhar! Ele só precisa se lembrar: é o N que vem antes do P e do B?... Ou o M? "Casa" se escreve com Z ou com S?

Pobre Charlie Brown!...

Quem sou eu

Minha foto

Sou Jornalista, artesã, corredora(pelo menos tô começando), leitora fanática..., mas tem a cara de pau de achar que ainda pode dar conta de um blog, acredita?

Facebook

Visualizações

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquise no blog

Meus livros no Skoob

Instagram

Popular Posts

Goodreads

Adriana's books

This Calder Sky
5 of 5 stars
Os Donos da Terra Janet Dailey Isabel Paquet de Araripe A Saga da Família Calder 01 Record 1983 Já devo ter mencionado, em outra resenha de algum livro da Janet Dailey, mas é necessário reforçar. Os personagens que está autora cria são ...
The Unexpected Millionaire
5 of 5 stars
Inesperado Susan Mallery The Million Dollar Catch 02 Harlequin 2014 Meu Deus!!! Como não se apaixonar por Willow? Impossível, é uma personagem cativante, hilária, espertinha, carinhosa e solidária. Não é atoa que Kane se apaixona d...
Das Kartengeheimnis
5 of 5 stars
O Dia do Curinga Jostein Gaarder Cia. Das Letras Ano: 1999 Já vou avisando, qualquer exagero, disparate, heresia ou algo que valha; escrito por mim nesta resenha, não pode ser classificado com absurdo, ok? Porquê? Muito simples. Sou ...
1808
5 of 5 stars
1808 Laurentino Gomes Planeta 2009 Apesar de estar ligado à história, Laurentino Gomes não é historiador ou biografo. Ele é jornalista. Por isso, talvez, posso dizer que este livro tem uma linguagem e uma compreensão dinâmica. Com mu...
Dance to the Piper
5 of 5 stars
Maddy Nora Roberts Os OHurley 02 Harlequin 2014 Não há dúvidas que Maddy é a mais maluquinha das trigêmeas. Identifiquei-me com muito com ela. É uma pessoa positiva, sem medo de arriscar e encarar o desconhecido. Quando se apaixona...

goodreads.com

Translate

Follow by Email