sábado, 26 de março de 2016
Título original: As Fêmeas
Autor: Marcelo Rubens Paiva
Editora: Siciliano
Ano: 1994
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Não pense você, só porque o título é As Fêmeas, que as crônicas vão se tratar apenas do universo feminino. Doce Engano! As crônicas do Marcelo falam sobre vários universos, que estavam latentes no final da década de 90.

Sutilmente e com humor ácido Marcelo abre discussão e da umas cutucadas: na imprensa, na política, nos especialistas em sexo, no serviço militar, no preconceito, no Masp, nos filósofos, nos músicos, nos escritores, na Amazônia, no Stevie Wonder, na monarquia, nos estudantes, na Madonna, nas mulheres, no gigolô, e em muitas outras celebridades e outros assuntos. O autor não deixa nenhum assunto ou pessoa fora de suas discussões apaixonadas e provocantes.

Mesmo sendo escrito a mais de 20 anos este livro está atualíssimo, pois as pessoas mencionadas estão aí fazendo sucesso e os assuntos relatados ainda estão sendo pautados nos meios de comunicação e pela sociedade.  

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:   


Existe um abismo profundo e excitante no
caminho do entendimento da vaidade feminina.

Lembro-me da perplexidade em que ficou minha classe de biologia quando a professora classificou a reprodução em sexuada e assexuada. Por muitos dias, tivemos pena de plantas, células e outras espécies assexuadas que, como condenadas, por castigo ou desleixo do Criador, nunca sentiram o prazer de uma noitada.



Sinopse:

Marcelo Paiva é um escritor brasileiro raro. Tem aquele segredo secular da síntese entre o gosto popular e as experiências literárias, já que, usualmente, freqüenta as listas dos mais vendidos com romances de prestígios e qualidade, como Feliz Ano Velho, Blecaute, Ua: brari e Bala na agulha.

Como colunista da Folha, Paiva instiga o leitor, cria debates apaixonados, provoca reações, levando ao jornalismo elementos da linguagem ficcional, vasculhando as origens do sentimento mais presente nas discussões deste fim de século: o preconceito. Quase como testemunha involuntária da história, presencia as mudanças de hábitos sexuais trazidas pelo vírus da Aids, entra na discussão sobre preconceito contra homossexuais, deficientes físicos, divaga sobre os mistérios da condição feminina e duvida de verdade solidificadas culturalmente, como Jovens, ao completar 18 anos, aliste-se.

Editar estas crônicas, selecionadas pelo próprio autor, é provar que o Brasil, apesar dos pesares, ainda é o berço de gratas surpresas; e Marcelo Paiva escritor e colunista é uma.

0 comentários:

Quem sou eu

Minha foto

Sou Jornalista, artesã, corredora(pelo menos tô começando), leitora fanática..., mas tem a cara de pau de achar que ainda pode dar conta de um blog, acredita?

Facebook

Visualizações

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquise no blog

Meus livros no Skoob

Instagram

Popular Posts

Goodreads

Adriana's books

This Calder Sky
5 of 5 stars
Os Donos da Terra Janet Dailey Isabel Paquet de Araripe A Saga da Família Calder 01 Record 1983 Já devo ter mencionado, em outra resenha de algum livro da Janet Dailey, mas é necessário reforçar. Os personagens que está autora cria são ...
The Unexpected Millionaire
5 of 5 stars
Inesperado Susan Mallery The Million Dollar Catch 02 Harlequin 2014 Meu Deus!!! Como não se apaixonar por Willow? Impossível, é uma personagem cativante, hilária, espertinha, carinhosa e solidária. Não é atoa que Kane se apaixona d...
Das Kartengeheimnis
5 of 5 stars
O Dia do Curinga Jostein Gaarder Cia. Das Letras Ano: 1999 Já vou avisando, qualquer exagero, disparate, heresia ou algo que valha; escrito por mim nesta resenha, não pode ser classificado com absurdo, ok? Porquê? Muito simples. Sou ...
1808
5 of 5 stars
1808 Laurentino Gomes Planeta 2009 Apesar de estar ligado à história, Laurentino Gomes não é historiador ou biografo. Ele é jornalista. Por isso, talvez, posso dizer que este livro tem uma linguagem e uma compreensão dinâmica. Com mu...
Dance to the Piper
5 of 5 stars
Maddy Nora Roberts Os OHurley 02 Harlequin 2014 Não há dúvidas que Maddy é a mais maluquinha das trigêmeas. Identifiquei-me com muito com ela. É uma pessoa positiva, sem medo de arriscar e encarar o desconhecido. Quando se apaixona...

goodreads.com

Translate

Follow by Email