sábado, 22 de abril de 2017
Título original: O Doce Veneno do Escorpião: O Diário de uma Garota de Programa
Autor: Bruna Surfistinha
Editora: Panda Books
Ano: 2005
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Antes de qualquer coisa tenho que fazer algumas umas considerações: tentei ler sem julgar em momento algum, tentei deixar a hipocrisia de lado e sabendo de ante mão que se tratava de uma biografia de uma ex-garota de programa. Ufa!!!

É muito difícil não julgar e é ainda mais complicado não ser hipócrita, pois vivemos numa sociedade machista onde a mulher é sempre culpada e o homem está apenas fazendo o seu papel de macho. MENTIRA!!! 

Não sou “feminista” acho melhor ser feminina... algumas feministas são um porre, desculpe, mas tenho a sensação que elas querem serem homens e não ter direitos iguais. Já estou fugindo do assunto, concluindo, o mundo seria melhor se os homens respeitassem as mulheres, um respeito sem precedentes, não importando a atitude, a vestimenta e a personalidade da mulher, apenas respeito. 

Por último, se uma mulher lhe disser não a um homem, é porque ela não quer, simplesmente aceite que essa mulher não é pra você menino, procure uma que se adeque a sua personalidade, entendeu?

Depois do meu desabafo, voltemos a Bruna, bom, a menina tinha 17 anos quando resolver fugir e se tornar uma garota de programa. Me diga o que uma garota nesta idade sabe da vida? Que experiencia ela tem para fazer escolhas que vão afetar toda a sua existência? Respondo: nenhuma. Não me diga que as garotas amadurecem mais cedo e blá, blá, blá. Simplesmente ela não tinha base para fazer tal escolha.

Outros vão dizer que ela gostava de sexo e por isso… E por isso nada, gostar de sexo não qualifica ninguém para fazer uma escolha desta magnitude. Até aonde sei qualquer pessoa que tenha experimentado uma sexo de qualidade com um parceiro generoso que saiba dar e receber prazer vai gostar de sexo, nem precisa ter muita experiente.

Vamos deixar o tabu e a hipocrinia de lado e vamos falar a verdade: sexo é bom! Exatamente, tenho a sensação que no caso da Bruna foi isso, ela gostava sexo e achava que era a única coisa que ela poderia fazer bem, e é neste momento que a falta de experiencia se faz presente, se ela tivesse tido a oportunidade de vivenciar outras coisas, talvez tivesse feito outras escolhas.

Sobre o sexo descrito no livro, não achei nada de mais, já li histórias muito mais picantes e hots. A naturalidade com que ela descreve os programas me pareceu coerente, pois pra ela era natural, seu trabalho exigia tal comportamento. E o linguajar corresponde ao ambiente em que ela vivia, não entendi porque as pessoas acharam tão chulo.

E outra coisinha, sei que tá ficando longa mais não posso deixar de mencionar, li uma resenha de uma nobre coleguinha que disse estar indignada porque a Bruna roubou o marido de outra. Querida, você e a ex-esposa deveriam ficar indignadas com esse homem que mesmo tendo uma esposa em casa, vai procurar uma garota de programa. Um homem de verdade se separa, depois vai procurar as profissionais. Me poupe!!!   

Não posso deixar de mencionar seus pais ou melhor, dar um concelho para aqueles que adotam, nunca, nunca deixe de dizer a verdade ao seu filho do coração, desde sempre diga a verdade: que você teve a oportunidade e a felicidade de escolher ele como filho, que o ama e que não tem a mínima importância se ele não é seu filho geneticamente, que seu amor por ele é maior que essa bobagem de genética.       

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Bruna Surfistinha é a principal personalidade da internet brasileira hoje em dia. Seu blog é visitado diariamente por quase 15 mil internautas que se deliciam com os relatos picantes dos programas que ela faz com homens, mulheres e casais em seu flat. Todos os programas (que podem chegar a seis num dia!) são descritos e Bruna ainda criou uma cotação para o desempenho do cliente. Bruna conta também em detalhes as festas que participou em clubes de swing. Sem medo de mostrar a cara, a garota de programa foi entrevistada em emissoras de rádio, programas de TV e revistas de circulação nacional. Só que muitas histórias ficaram guardadas e só são reveladas agora em O Doce Veneno do Escorpião. Você vai conhecer detalhes reveladores da menina de classe média alta que trocou os finais de semana com a família no Guarujá para se prostituir aos 17 anos. O livro traz ainda um diário secretíssimo de Bruna Surfistinha, com as histórias mais ousadas que ela não teve coragem de publicar no blog. O diário, com 36 páginas negras, vem lacrado. Por fim, Bruna também dá pequenas lições para uma mulher de como conquistar o homem - e jamais perdê-lo para uma garota de programa.

0 comentários:

Quem sou eu

Minha foto

Sou Jornalista, artesã, corredora(pelo menos tô começando), leitora fanática..., mas tem a cara de pau de achar que ainda pode dar conta de um blog, acredita?

Facebook

Visualizações

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquise no blog

Meus livros no Skoob

Instagram

Popular Posts

Goodreads

Adriana's books

This Calder Sky
5 of 5 stars
Os Donos da Terra Janet Dailey Isabel Paquet de Araripe A Saga da Família Calder 01 Record 1983 Já devo ter mencionado, em outra resenha de algum livro da Janet Dailey, mas é necessário reforçar. Os personagens que está autora cria são ...
The Unexpected Millionaire
5 of 5 stars
Inesperado Susan Mallery The Million Dollar Catch 02 Harlequin 2014 Meu Deus!!! Como não se apaixonar por Willow? Impossível, é uma personagem cativante, hilária, espertinha, carinhosa e solidária. Não é atoa que Kane se apaixona d...
Das Kartengeheimnis
5 of 5 stars
O Dia do Curinga Jostein Gaarder Cia. Das Letras Ano: 1999 Já vou avisando, qualquer exagero, disparate, heresia ou algo que valha; escrito por mim nesta resenha, não pode ser classificado com absurdo, ok? Porquê? Muito simples. Sou ...
1808
5 of 5 stars
1808 Laurentino Gomes Planeta 2009 Apesar de estar ligado à história, Laurentino Gomes não é historiador ou biografo. Ele é jornalista. Por isso, talvez, posso dizer que este livro tem uma linguagem e uma compreensão dinâmica. Com mu...
Dance to the Piper
5 of 5 stars
Maddy Nora Roberts Os OHurley 02 Harlequin 2014 Não há dúvidas que Maddy é a mais maluquinha das trigêmeas. Identifiquei-me com muito com ela. É uma pessoa positiva, sem medo de arriscar e encarar o desconhecido. Quando se apaixona...

goodreads.com

Translate

Follow by Email