sábado, 15 de agosto de 2015
Título original: I Et Speil, I En Gate
Título: Através do Espelho
Autor: Jostein Gaarder
Tradução: Isa Mara Lando
Editora: Companhia das Letras
Ano: 1998
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha 


Resenha:

Não creio que tenho as palavras certas para descrever a beleza deste livro. Há muita profundidade e a sensibilidade no texto ao tocar num assunto tão difícil como a morte.

Cecília é uma garotinha que está morrendo, ela tem câncer e a cada dia fica. Mais fraca e por isso não consegue sair da cama. Mesmo neste estado terminal, a pequena garota procura observar a beleza da vida. E acaba nos ensinando que se preparar para fazer a passagem é um momento em que se pode vive o melhor da vida.

Na companhia do anjo Ariel, nossa menininha vai mostrando para o anjo e para nós,  como é a vida dos seres humanos. E que apesar da dor, a vida é maravilhosa.

RECOMENDADÍSSIMO!!!



Contra Capa:

Esta é a história de Cecília Skotbu, uma menina que vive intensamente. As coisas que vai aprendendo ela anota num caderninho. Ali ela escreveu, por exemplo: "Nós enxergamos tudo num espelho, obscuramente. Às vezes conseguimos espiar através do espelho e ter uma visão de como são as coisas do outro lado. Se conseguirmos polir mais esse espelho, veríamos muito mais coisas. Porém não enxergaríamos mais a nós mesmos".

Cecília passa quase o tempo todo em seu quarto, deitada na cama. Ela está morrendo. Sua história é uma preparação para morte - e por isso é também um mergulho na vida. Ela morre como quem viaja, prestando atenção em tudo. Através de seu olhar profundo, o outro lado do espelho se torna um pouco mais claro para nós.



Sinopse:

Como uma história sobre a morte pode ser uma história sobre a vida? Cecília Skotbu, a personagem central deste livro, não viverá muito mais tempo. A cada dia ela se torna mais fraca, mal consegue se erguer na cama. Por trás da imobilidade física, entretanto, Cecília está em movimento. O mundo está em movimento.

Ela anotou no se caderninho: "Não é a criança que vem ao mundo, mas sim o mundo que vem para a criança. Nascer é receber de presente o mundo inteiro".

E morrer, como é?

De certa forma, para Cecília morrer é como viajar. Não a viagem dos turistas, porque às vezes eles ficam tão preocupados em tirar fotografias que até esquecem de ver realmente o que está diante deles. Cecília viaja com a imaginação, com o pensamento, com as emoções, com a mente. A lente que usa é o olho interior.

E é com esse olho que ela conhece Ariel, um anjo que se torna o melhor companheiro de viagem do mundo. Cecília vai lhe ensinar muitas coisas sobre a vida dos seres humanos de carne e osso. Ariel não tem ideia, por exemplo, do que significa segurar uma bola de neve na mão. Não sabe que estar com alguma coisa na ponta da língua não tem nada a ver com o paladar. Acha um mistério uma coisa poder  "ser tão gostoso que quase dói". Como todo anjo, não sabe muito bem o que é dor.

E Cecília, que ainda não é anjo, não sabe muito bem o que há do outro lado, naquele mundo em que os seres não são mais de carne e osso e por isso já não vêem sua imagem refletida nos espelhos. Este é o trabalho de Ariel: viajar com Cecília para ajudá-la a atravessar o espelho.

0 comentários:

Quem sou eu

Minha foto

Sou Jornalista, artesã, corredora(pelo menos tô começando), leitora fanática..., mas tem a cara de pau de achar que ainda pode dar conta de um blog, acredita?

Facebook

Visualizações

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Pesquise no blog

Meus livros no Skoob

Instagram

Popular Posts

Goodreads

Adriana's books

This Calder Sky
5 of 5 stars
Os Donos da Terra Janet Dailey Isabel Paquet de Araripe A Saga da Família Calder 01 Record 1983 Já devo ter mencionado, em outra resenha de algum livro da Janet Dailey, mas é necessário reforçar. Os personagens que está autora cria são ...
The Unexpected Millionaire
5 of 5 stars
Inesperado Susan Mallery The Million Dollar Catch 02 Harlequin 2014 Meu Deus!!! Como não se apaixonar por Willow? Impossível, é uma personagem cativante, hilária, espertinha, carinhosa e solidária. Não é atoa que Kane se apaixona d...
Das Kartengeheimnis
5 of 5 stars
O Dia do Curinga Jostein Gaarder Cia. Das Letras Ano: 1999 Já vou avisando, qualquer exagero, disparate, heresia ou algo que valha; escrito por mim nesta resenha, não pode ser classificado com absurdo, ok? Porquê? Muito simples. Sou ...
1808
5 of 5 stars
1808 Laurentino Gomes Planeta 2009 Apesar de estar ligado à história, Laurentino Gomes não é historiador ou biografo. Ele é jornalista. Por isso, talvez, posso dizer que este livro tem uma linguagem e uma compreensão dinâmica. Com mu...
Dance to the Piper
5 of 5 stars
Maddy Nora Roberts Os OHurley 02 Harlequin 2014 Não há dúvidas que Maddy é a mais maluquinha das trigêmeas. Identifiquei-me com muito com ela. É uma pessoa positiva, sem medo de arriscar e encarar o desconhecido. Quando se apaixona...

goodreads.com

Translate

Follow by Email